top of page

4 DOENÇAS NEUROLÓGICAS COMUNS EM IDOSOS



Dados do CENSO 2022 apontam que o número de pessoas com 65 anos ou mais cresceu 57,4% em 12 anos no Brasil; consequentemente, o número de pacientes com algum tipo de condição neurológica também aumentou. Abaixo, listamos as 3 condições que mais acometem os idosos para você entender melhor sobre o assunto.


Acidente Vascular Cerebral - AVC

O AVC é uma alteração do fluxo de sangue ao cérebro, o que causa a morte de células nervosas da região cerebral atingida. Isso pode acontecer de duas maneiras: com uma obstrução de vasos sanguíneos, o chamado acidente vascular isquêmico, ou ainda por uma ruptura dos vasos, conhecido por acidente vascular hemorrágico.


Principais sintomas:

  • Dor de cabeça muito forte, de início súbito, sobretudo se acompanhada de vômitos;

  • Fraqueza ou dormência na face, nos braços ou nas pernas, geralmente afetando um dos lados do corpo;

  • Paralisia (dificuldade ou incapacidade de se movimentar);

  • Perda súbita da fala ou dificuldade para se comunicar e compreender o que se diz;

  • Perda da visão ou dificuldade para enxergar com um ou ambos os olhos.


Alzheimer

A Doença de Alzheimer é um transtorno neurodegenerativo progressivo que se manifesta pela deterioração cognitiva e da memória, comprometimento progressivo das atividades de vida diária e uma variedade de sintomas neuropsiquiátricos e de alterações comportamentais. Sua causa ainda é desconhecida, mas acredita-se que seja geneticamente determinada. O primeiro sintoma, e o mais característico, do Mal de Alzheimer é a perda de memória recente. Com a progressão da doença, vão aparecendo sintomas mais graves como a perda de memória remota (ou seja, dos fatos mais antigos), bem como irritabilidade, falhas na linguagem, prejuízo na capacidade de se orientar no espaço e no tempo.


Principais sintomas:

  • Falta de memória para acontecimentos recentes;

  • Repetição da mesma pergunta várias vezes;

  • Dificuldade para acompanhar conversações ou pensamentos complexos;

  • Incapacidade de elaborar estratégias para resolver problemas;

  • Dificuldade para dirigir automóvel e encontrar caminhos conhecidos;

  • Dificuldade para encontrar palavras que exprimam ideias ou sentimentos pessoais;

  • Irritabilidade, suspeição injustificada, agressividade, passividade, interpretações erradas de estímulos visuais ou auditivos, tendência ao isolamento.


Doença de Parkinson

A Doença de Parkinson é uma doença neurológica que afeta os movimentos da pessoa. Causa tremores, lentidão de movimentos, rigidez muscular, desequilíbrio, além de alterações na fala e na escrita. Ela ocorre por causa da degeneração das células situadas numa região do cérebro chamada substância negra. Essas células produzem a substância dopamina, que conduz as correntes nervosas (neurotransmissores) ao corpo. A falta ou diminuição da dopamina afeta os movimentos provocando os sintomas.


Principais sintomas:

  • Aumento gradual dos tremores, maior lentidão de movimentos, caminhar arrastando os pés, postura inclinada para frente;

  • Rigidez muscular;

  • Redução da quantidade de movimentos, distúrbios da fala, dificuldade para engolir;

  • Depressão;

  • Tontura;

  • Distúrbios do sono, respiratórios, urinários.


Demência

A Demência é uma diminuição, lenta e progressiva, da função mental, que afeta a memória, o pensamento, o juízo e a capacidade para aprender. Essa condição acomete principalmente pessoas com mais de 65 anos. Vale lembrar aqui que a demência difere do delirium, que é caracterizado por uma incapacidade de prestar atenção, desorientação, incapacidade de pensar com clareza e flutuações do nível de alerta.


Principais sintomas:

  • Perda de memória;

  • Problemas para utilizar a linguagem e fazer as atividades;

  • Alterações de personalidade, desorientação e comportamento disruptivo ou inapropriado.

  • Outros sintomas de demências rapidamente progressivas incluem comportamento disruptivo, alterações de personalidade, transtornos do humor, psicose, transtornos do sono e dificuldade para caminhar. Os níveis de alerta e de consciência podem ser alterados. Seus membros podem tremer e/ou sacudir involuntariamente.


Aqui fica o alerta: quanto antes essas condições forem diagnosticadas e tratadas, melhores serão os resultados.


Aqui no CERNE, contamos com uma estrutura completa e equipe de profissionais qualificados para o seu tratamento. Entre em contato e agende sua avaliação!


Sobre o Centro de Excelência em Recuperação Neurológica (CERNE)

Fundado no ano de 2016 por Canrobert Krueger e Mariana de Carvalho, a clínica é referência no atendimento a pacientes com danos neurológicos. O CERNE possui equipe especializada em diversas áreas, como: Fisioterapia, Fonoaudiologia, Musicoterapia, Neuromodulação e Terapia Ocupacional. O diferencial da clínica está nos métodos de tratamento avançados, como Theratogs, PediaSuit, Bobath, Integração Sensorial, Contensão Induzida, ABA, DENVER, além da chegada do primeiro tratamento através da Neuromodulação ao sul do país. Para mais informações, acesse o site www.clinicacerne.con.br ou as redes sociais Facebook https://www.facebook.com/cerneoficial e Instagram https://www.instagram.com/cerne.oficial/


Comentários


Prancheta_3.png
Prancheta_2.png
Prancheta_7.png
Prancheta_1.png
Prancheta_4.png
Prancheta_4.png
Prancheta_5.png
Prancheta_6.png
bottom of page