top of page

Como ajudar os pequenos no desenvolvimento da linguagem e da fala em casa

Atualizado: 20 de jun. de 2023


Você sabe a diferença entre o desenvolvimento da fala e o desenvolvimento na linguagem? Não? Pois elas existem, e entender sobre o assunto faz toda a diferença na evolução das crianças. Leia esse post até o final para entender melhor esse processo e confira algumas dicas para ajudar o seu filho nesse desenvolvimento em casa.


Vamos lá, o que é linguagem x o que é fala?


A linguagem é a capacidade que os indivíduos possuem para expressar pensamentos, ideias, opiniões e sentimentos, independente da forma. Por exemplo, quando falamos de linguagem, ela pode ser verbal (fala) ou não verbal (fotos, vídeos, figuras e gestos). Já a fala, é o canal que viabiliza a expressão da linguagem e corresponde à sua realização motora.


Em outras palavras, a linguagem significa trocar informações (receber e transmitir) de forma efetiva, enquanto a fala refere-se basicamente à maneira de articular os sons na palavra (incluindo a produção vocal e a fluência).


Como funciona o processo de desenvolvimento da linguagem e da fala na infância?


Esse é um processo contínuo que começa desde que a criança nasce. Dos 0 aos 4 meses, por exemplo, enquanto a criança não consegue verbalizar as expressões, ela se manifesta por meio de outras estratégias, como: Repetição de vogais e outros sons; Reponde a estímulos sonoros como a voz da mãe;


Entre os 5 e 6 meses, o bebê adquire entonação e ritmo, o que configura uma configuração mais aperfeiçoada; Após o sexto mês, a criança passa a emitir sons com maior elaboração, como consoantes e vogais; Perto dos 12 meses, o bebê já consegue formular algumas sílabas. Geralmente, os pequenos soltam os famosos ‘papa’ e ‘mama’.


A partir dos 12 meses, a criança começa a demonstrar alguns progressos no que diz respeito à aquisição de novas palavras. Com isso, é possível observar outras conquistas. O bebê consegue por meio de palavras simples dar sentido a algumas frases. Além disso, uso de gestos também se faz presente como estratégia para pedir algo ou mostrar um objeto que tenha despertado a sua atenção.


No entanto, a habilidade gestual não exclui a utilização da fala. Ambas são desempenhadas simultaneamente. Quando a criança chega perto 2 anos de idade, o vocabulário aumenta e pode ficar perto de 50 palavras. Nessa fase, a criança cria pequenos diálogos.


Entre os 2 e 4 anos a criança já deve aumentar seu vocabulário para até 400 palavras – claro, que isso vai depender muito dos estímulos que ela recebe, ela consegue se expressar e fica mais compreensível, e a partir daí quanto mais estímulos a criança receber, melhor será o desenvolvimento do seu processo de comunicação.


Como você pode estimular o desenvolvimento dessas habilidades em casa?

1) Use fotografias de pessoas e lugares que a criança conheça, e recontar o que aconteceu ali, podendo até inventar uma nova história. Durante as atividades diárias, por exemplo, enquanto está na cozinha, solicite que a criança nomeie os utensílios utilizados, os alimentos, fale sobre a textura, cor e sabor.

2) Incentive a criança a escolher os alimentos, as próprias roupas e as brincadeiras, oferecendo opções. “Você quer água ou suco?”, “Vamos brincar de comidinha ou de bola?”, “Você quer colocar a blusa azul ou vermelha?”.

3) E, por último, mas não menos importante, fale com a criança da maneira correta, pois essa é parte fundamental para o seu desenvolvimento.

Essas são algumas dicas básicas. Se você perceber alguma dificuldade da criança nesse quesito, o ideal é procurar ajuda especializada. Aqui na clínica oferecemos avaliação gratuita para avaliar o caso do seu filho e desenvolver o melhor tratamento para cada paciente.


Baixe nossos e-books para auxiliar no desenvolvimento em casa!

Com o objetivo de melhorar a experiência dos pais, responsáveis e pacientes, o CERNE tem uma série de e-books que auxiliam no tratamento e desenvolvimento em casa. São dicas, informações e cuidados liberados para o público geral. Para baixá-los, basta que você acesse as redes sociais da clínica.



Sobre o Centro de Excelência em Recuperação Neurológica (CERNE)

Fundado no ano de 2016 por Canrobert Krueger e Mariana de Carvalho, a clínica é referência no atendimento a pacientes com danos neurológicos. O CERNE possui equipe especializada em diversas áreas, como: Fisioterapia, Fonoaudiologia, Musicoterapia, Neuromodulação e Terapia Ocupacional. O diferencial da clínica está nos métodos de tratamento avançados, como Theratogs, PediaSuit, Bobath, Integração Sensorial, Contensão Induzida, ABA, DENVER, além da chegada do primeiro tratamento através da Neuromodulação ao sul do país. Para mais informações, acesse o site www.clinicacerne.con.br ou as redes sociais Facebook https://www.facebook.com/cerneoficial e Instagram https://www.instagram.com/cerne.oficial/



Comments


Prancheta_3.png
Prancheta_2.png
Prancheta_7.png
Prancheta_1.png
Prancheta_4.png
Prancheta_4.png
Prancheta_5.png
Prancheta_6.png
bottom of page