top of page

Como o uso excessivo de tablets e celulares pode afetar o tratamento neurológico em crianças?

 



Hoje, um dos fatores de risco que desperta a preocupação de especialistas é o uso excessivo de telas pelos pequenos, já que o vício tem potencial para desequilibrar a atuação cerebral numa das fases mais importantes do desenvolvimento.

 

O que os estudos mostram?

 

Cientistas da UFC (Universidade Federal do Ceará) e da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, acompanham mais de 3 mil crianças desde o nascimento até elas completarem 5 anos de idade, essa é uma pesquisa realizada desde 1987. O mapeamento dos impactos da exposição prolongada a computadores, tablets e celulares identificou que cada hora adicional de exposição a telas de eletrônicos contribuiu para menos pontos nos domínios de comunicação, capacidade de resolução de problemas pessoais-sociais e desenvolvimento infantil.

 

Quais os principais sintomas do uso excessivo de telas pelos pequenos?

 

O excesso pode levar ao isolamento, ansiedade e níveis elevados de estresse e relaciona a prática com o uso descomedido de telas. Entre os sintomas mais comuns estão problemas com sono, dificuldades na escola e de se autorregular.

 

Quanto tempo posso deixar meu filho exposto a esse tipo de estímulo?

 

O nível de exposição a eletrônicos é estabelecido pela comunidade científica levando em conta cada faixa etária. Até os dois anos de idade, a recomendação é que a criança não tenha nenhum contato com telas para que a inteligência e a socialização não sejam afetadas. Até os seis anos, o limite deve ser de duas horas diárias. No caso de adolescentes, o ideal é que o uso de aparelhos seja cessado duas horas antes de dormir.

 

O que você pode fazer para ajudar seu filho?

 

Pais e responsáveis precisam ficar atentos aos sintomas iniciais de transtorno, especialmente quando notamos o uso excessivo de telas. A orientação é procurar ajuda o quanto antes. Em alguns casos, a solução vai ser intervenção no ambiente, em outros pode ser recomendado acompanhamento terapêutico e em determinadas situações é necessário o uso de medicamentos.

 

Aqui no CERNE, contamos com uma equipe de profissionais capacitados para te auxiliar. Entre em contato e agende sua avaliação!

 

Sobre o Centro de Excelência em Recuperação Neurológica (CERNE)

Fundado no ano de 2016 por Canrobert Krueger e Mariana de Carvalho, a clínica é referência no atendimento a pacientes com danos neurológicos. O CERNE possui equipe especializada em diversas áreas, como: Fisioterapia, Fonoaudiologia, Musicoterapia, Neuromodulação e Terapia Ocupacional. O diferencial da clínica está nos métodos de tratamento avançados, como Theratogs, PediaSuit, Bobath, Integração Sensorial, Contensão Induzida, ABA, DENVER, além da chegada do primeiro tratamento através da Neuromodulação ao sul do país. Para mais informações, acesse o site www.clinicacerne.con.br ou as redes sociais Facebook https://www.facebook.com/cerneoficial e Instagram https://www.instagram.com/cerne.oficial/ 

 

 

 

Comentarios


bottom of page